Novidades aumentam demanda no mercado estético

Novidades aumentam demanda no mercado estético

Nos últimos anos o número de cirurgias plásticas no Brasil cresceu 120%. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o Brasil é o segundo do mundo em número de realizações de cirurgias plásticas, perdendo apenas para os Estados Unidos. Dados provam que 87% das pessoas que realizam algum tipo de cirurgia plástica, sentem-se mais felizes e satisfeitas com os resultados obtidos, o que provoca um aumento da demanda por este tipo de procedimento.

Cada vez mais as pessoas estão em busca do corpo e rosto perfeito. Para se ter uma ideia, a cada dez cirurgias plásticas feitas, sete são estéticas. Um exemplo disso é a Bichectomia, a diminuição das bochechas, que é a retirada da bolsa de gordura existente nessa região, a chamada bolsa adiposa bucal. A busca por esta cirurgia foi uma das que mais cresceu no mercado estético

As bochechas são um ponto crucial do contorno da face e são associadas à beleza e à juventude. Muitas pessoas se sentem incomodadas com o formato do rosto, afirmando que rostos redondos dão a falsa sensação de sobrepeso ou contribuem para uma imagem infantilizada do indivíduo. Quando se efetua uma diminuição discreta nas bochechas, afinando o rosto, as pacientes ficam, geralmente, com uma aparência mais leve e um aspecto mais sensual.

“Muitas pessoas se incomodam com as bochechas volumosas e não sabem que podem resolver o problema com uma cirurgia simples de pequeno porte, com duração de quarenta minutos e pode ser realizada com anestesia local ou sedação ou geral, dependendo do perfil do paciente e da indicação médica”, explica o especialista em cirurgia plástica, Dr. Eduardo Kanashiro, um dos poucos médicos que realizam a operação no Brasil.

Este procedimento também pode ser associado com outros tratamentos para atingir o objetivo de um rosto mais fino e delicado, como por exemplo, a diminuição do masseter ou o aumento do queixo através de uma prótese ou o avanço ósseo. O masseter é o músculo que se insere no ângulo da mandíbula e eventualmente pode estar hipertrofiado, colaborando para o aspecto quadrado ou retangular da face. Neste caso, se associa a toxina botulínica (Botox Dysport) para diminuir o músculo e com isso traz o afinamento do rosto.

 

Dr. Eduardo Kanashiro

Dr. Eduardo Kanashiro é Cirurgião Plástico especialista em cirurgia estética. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos-Unilus, com Residência de Cirurgia Geral pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e Cirurgia Plástica pela Faculdade de Medicina do ABC, Dr. Eduardo também é Médico Professor do Serviço de Residência Médica em Cirurgia Plástica do Hospital Santa Marcelina. Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Membro Titular da Federação Ibero Latinoamericana de Cirurgia Plástic, Dr. Eduardo Kanashiro também participou do grupo de cirurgia craniomaxilofacial do Hospital das Clínicas da FMUSP. www.clinicadue.com