A moda está no equilíbrio

A moda está no equilíbrio

Mama proporcional com o corpo é tendência nos centros cirúrgicos

Foi-se o tempo que ter seios muito grandes ou muito pequenos era tendência. Atualmente, a elegância está no equilíbrio das mamas, ou seja, elas devem ser proporcionais ao seu corpo. Segundo o cirurgião Eduardo Kanashiro, cerca de 75% de suas pacientes estão em busca de seios mais proporcionais.

Dados da mais recente pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps, na sigla em inglês), o Brasil realizou 1,22 milhão de procedimentos em 2015, permanecendo em segundo lugar no ranking, superado apenas pelos Estados Unidos que, em 2015, registraram 1,41 milhão de cirurgias.

A Mamoplastia, ou a cirurgia da mama, é o segundo procedimento mais utilizado em âmbitos cirúrgicos no Brasil. Segundo o Dr Eduardo Kanashiro, assim como roupas, cabelos e maquiagem, os seios também seguem tendência.

Ter seios grandes ou pequenos têm consequência na vida de uma mulher: As que já tiveram a experiência de ter mamas grandes buscam a diminuição do peso das mamas para que se sintam mais magras e tenham mais liberdade para a prática de atividades físicas, as que possuem mamas pequenas procuram aumentá-las para aumentar a autoestima, por isso, o ideal é optar por mamas proporcionais ao corpo para trazer aspecto natural”, explica o cirurgião.

É o caso de celebridades como a cantora Anitta e as modelos Mariana Goldfarb e Hellen Ganzarolli que se submeteram à mamoplastia não para evidenciar os seios, mas sim para ficar proporcional ao corpo.

Eduardo conta ainda que a cirurgia vai muito além da mudança estética: “Assim que minhas pacientes saem do centro cirúrgico e veem o resultado, a expressão delas já é diferente. Elas ficam empolgadas com a vida nova que vão encontrar.”

Muitas pessoas temem não só a cirurgia, mas também o pós operatório. Segundo o cirurgião, é importante que a pessoa esteja atenta a toda ação que for realizar, uma vez que qualquer descuido pode comprometer a cicatrização, além disso, é importante lembrar também que exercícios físicos são liberados após 60 a 90 dias da data da cirurgia.

Sobre Dr. Eduardo:

Dr. Eduardo Kanashiro é Cirurgião Plástico especialista em cirurgia estética. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos-Unilus, com Residência de Cirurgia Geral pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e Cirurgia Plástica pela Faculdade de Medicina do ABC, Dr Eduardo também é Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e Membro Titular da Federação Ibero Latinoamericana de Cirurgia PlásticA, Dr. Eduardo Kanashiro também participou do grupo de cirurgia craniomaxilofacial do Hospital das Clínicas da FMUSP. www.clinicadue.com